Make your own free website on Tripod.com
Equipa Universitária de Hóquei em Patins
História da Modalidade

Cronologia Histórica do Hóquei em Patins

HOMEEquipa Técnica | Equipa | Horários dos Treinos | Fotos da Equipa | Competição | Convocatórias e Objectivos | Historial | História da Modalidade | Regras de Jogo de Hóquei em Patins | Ligações


1710 data em que os estudiosos dizem ter descoberto, em algumas crónicas, que o inventor do Patim foi um inglês de nome Garcin.

1750 ou 1760 (meados do século XVIII), o belga Joseph Merlin inventa o Primeiro Patim de Rodas em Linha, sem possivelmente imaginar, que ao possibilitar a patinagem sobre rodas, viria a dar origem ao HÓQUEI EM PATINS.

1819, em França (Paris), aparecem os primeiros patins equipados apenas com uma roda, que, embora de diâmetro menor, era do tipo «bicicleta».

1825, surgem os primeiros patins de rodas (com 3 rodas) na Áustria (Viena).

1840, na Alemanha, aparecem vestígios dos primeiros patins e o primeiro rinque aparece em 1876.

1857, são construídas, em Inglaterra, as duas primeiras pistas públicas de patinagem (Covent Garden e Strand)

1863, o americano James Plympton cria o "Jogo Elástico", conjunto composto pela ponte, eixo, rodas, almofada de borracha e parafuso de regulação do aperto; conjunto que era colocado no trem dos rodados.

Muitas e lentas haviam sido as tentativas, os trabalhos e o interesse em melhorar o patim de Merlin, que apenas permitia a patinagem em frente e a execução de uma pequena e larga curva. Com a invenção do "Jogo Elástico", as possibilidades, o desenvolvimento, o interesse e a beleza dada à patinagem foram indescritíveis.

1865, a partir desta data, nos Estados Unidos e dois anos mais tarde em Inglaterra, deu-se uma grande expansão da Patinagem sobre Rodas, a ponto de ser conhecida pela "rinkomania".

As pista próprias para a prática da modalidade apareciam aos poucos por todo o lado, tendo atingido nos EUA, no início do século XX, o impressionante número de 10000.

1866, é contruído na América o primeiro Rinque de Patinagem.

1873, em Portugal, teriam aparecido os primeiros patins de rodas que pertenciam à Rainha D.Maria Pia, que em Mafra (são bem conhecidos e famosos os corredores do Convento de Mafra) se exibiu neles e se julga terem sido trazidos de Paris por Madame Daupiás.

Tem imensa curiosidade ver na sala dos troféus da F.P.P., um par de patins em madeira (a rodas), que dizem ter sido utilizados pelo Princípe Luis Filipe de Bragança, filho de El-Rei D. Carlos e da Rainha D. Amélia. Estes patins foram encontrados no Palácio Ducal de Vila Viçosa.

1877, surgem em Itália (Milão) os primeiros patins de rodas e, em 1881, por ocasião da Exposição de Milão, é construída a primeira pista (que era de madeira).

1880, a Richardson Skate Company introduz as esferas nos cubos das rodas, o que permite aos patins velocidades nunca antes pensadas.

1890, aparecem no mercado alemão, os patins "Matador", de estrutura muito robusta, e que vieram a ter durante muitos anos enorme aceitação em Portugal, como posteriormente os "Polar Rex", e actualmente "Skate".

1904, é construído em Portugal (Lourenço Marques), no Teatro Varietá, o primeiro rinque de Patinagem.

1905, os dados cronológicos registam o aparecimento do Hóquei em Patins em Inglaterra, no ano de 1877, muito embora o processamento da sua forma competitiva, devidamente institucionalizada, só se viesse a verificar em 1905.

1907, é entregue na Câmara Municipal de Lisboa, um requerimento para construção de uma Pista de Patinagem, todavia, parece que, na verdade, não passou da entrega do requerimento, pois sobre tal nada mais se encontrou.

1908, inscrevem-se os primeiros hoquistas e o Jornal Sports, de 12 de Fevereiro, notícia a prática de patinagem na garagem das Galerias da Sociedade Portuguesa de Automóveis.

Porém, também ao que consta, já em 1905 se praticava a modalidade em Carcavelos (onde habitavam muitos Ingleses) e no Colégio Militar.

1909/1910, o Hóquei em Patins, como modalidade desportiva, aparece nesta altura e tem a sua origem em Inglaterra, no Condado de Kent, tendo-se depois difundido para a Alemanha, Suiça, França, Itália, Bélgica, Portugal e Espanha e, de seguida para outros Países Europeus.

Só posteriormente a sua prática se alargou a outros continentes.

1912, aparece em Portugal Continental o primeiro rinque, por iniciativa de Recreios Desportivos da Amadora, e o primeiro jogo, entre o Clube de Desportos de Benfica e aquele Clube da Amadora, e que o C. D. de Benfica venceu por 2-0.

Também neste ano, em Itália (Milão), se começa a praticar o Hoquei em Patins.

1916, Cosme Damião, presidente do Benfica, manda vir de França os Regulamentos do novo desporto que era o Hoquei em Patins, e que foram traduzidos pelo grande jornalista, e director do extinto "Mundo Desportivo", Raúl de Olivera. É neste ano que duas equipas do Sport Lisboa e Benfica, no rinque da Avenida Gomes Pereira, disputam um encontro segundo as novas regras.

1917, é organizado o primeiro torneio de Hóquei em Patins, em que tomam parte os seguintes clubes:

Sport Lisboa e Benfica

Recreios Desportivos da Amadora

Ginásio Clube Português

Escola de Educação Física

Portugal Foot-Ball Club

Carcavelos Hockey Club

Estes torneios têm continuidade nos anos de1918,1919 e 1920.

1924, em Abril, foi fundada em Montreux (Suiça) a Federação Internacional de Patinagem em Rodas, sendo o seu primero Presidente o suiço Fred Renkewitz, e com ela aparece o primeiro regulamento da modalidade que, com alterações, ainda é a base dos actuais Regulamentos.

1926, é organizado o 1ª Campeonato da Europa de Hóquei em Patins. em Herne-Bay (Inglaterra), e nela tomam parte:

Inglaterra

Bélgica

França

Alemanha

Itália

Suiça

1928, embora o hóquei em Patins tenha feito a sua aparição em Espanha em 1915, só em 1928, com a fundação da Associação Catalã, se começou a praticar com as regras actuais.

1930, as regras sofrem diversas alterações, entre as quais se destacam:

- O aparecimento de tabelas

- O número de jogadores, que passa de seis para oito

- A cronometragem do tempo útil de jogo

- O aumento das dimenções das balizas

A Selecção Nacional participa pela primeira vez no Campeonato da Europa. A sua representação foi entregue ao Sport Lisboa e Benfica, e para a história, a equipa era formada por:

Fernando Adrião (pai), António Adão, Germano de Magalhães, José Prazeres e Leonel Costa.

1936 e 1939, realizam-se os primeiro e segundo Campeonato Mundial de Hóquei em Patins, em simultâneo com os Campeonatos de Europa, sendo sempre campeã a Inglaterra.

Com o conflito mundial (Guerra de 1939/45) as competições de Hoquei em Patins, a nível internacional, foram interrompidas.

1946, reatadas as competições internacionais com o Torneio de Montreux, as mesmas têm conhecido um grande incremento até aos nossos dias.

1947, Portugal conquista pela primeira vez na sua história o título Mundial, em Lisboa.

1948, a Holanda começa a aparecer nas competições internacionais, onde atinge certa notoriedade.

1949, aparece pela primeira vez a táctica do "Quadrado".

1956, os Campeonatos da Europa, que se realizavam em simultâneo com os Campeonatos Mundiais, face à aderência e o número de participantes, passaram a realizar-se de dois em dois anos.

Neste ano, também teve início o Campeonato Europeu de Juniores, tendo como primeiro vencedor a equipa Portuguesa.

1966, começa a disputar-se a Taça dos Clubes Campeões Europeus.

1977, inicia-se a disputa da Taça dos Vencedores das Taças, que tem como primeiro vencedor a Associação Desportiva de Oeiras.

1980, começa a disputar-se o Campeonato Europeu de Juvenis (Portugal é o primeiro vencedor) e a Taça C.E.R.S. (que tem como primeiro vencedor o Grupo Desportivo de Sesimbra).


Enter supporting content here